Designação do projeto: Aumento da capacidade produtiva e introdução de microcápsulas

Código do projeto: NORTE-02-0853-FEDER-014691

Objetivo principal: OT 3 - Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas

Região de intervenção: Trofa

Entidade beneficiária: A2BRIOS-PRODUÇÃO E COMÉRCIO DE SOLUÇÕES QUÍMICAS, UNIPESSOAL, LDA.

Data de aprovação: 2016-11-03

Data de início: 2015-10-01

Data de conclusão: 2017-06-30

Custo total elegível: 378.662,22 €

Apoio financeiro da União Europeia | FEDER | 227.197,33 €



A A2Brios congratula-se de ter o reconhecimento do Norte 2020 da valia e Mérito do Projeto de Inovação Produtiva apresentado ao Aviso 20/SI/2015.

O projeto de Inovação Produtiva visa capacitar a empresa para uma maior e melhor resposta aos mercados, incluindo a introdução de equipamentos produtivos que acrescem novas funcionalidades aos processos atuais permitindo a uma maior capacidade e produtividade de fabrico.


Inovações de processo:

O processo de fabrico existente na empresa resume-se às operações de preparação das formulações químicas dos produtos, mistura de matérias primas base, transferência para depósitos de produto acabado e a partir destes, enchimento, fecho da embalagem e expedição.

Com o novo processo haverá uma maior automatização das fases do processo, a introdução de uma nova etapa no processo associada à integração das microcápsulas fotolíticas nos produtos e uma maior flexibilidade para alteração do tipo de embalagem e tipo de tampa sem grandes paragens na linha para fazer o respetivo setup.


Inovações de produto:

Com o investimento no reforço da capacidade produtiva resolve-se um problema de estrangulamento fabril e abrem-se oportunidades para desenvolver novos produtos. Neste contexto, o fabrico de microcápsulas com caraterísticas funcionais a incorporar na gama de produtos da BRIOS constitui em si uma inovação com impacto no desenvolvimento de novos produtos com caraterísticas funcionais diferentes dos produtos atuais. Com o investimento na transferência de conhecimento da TecMinho em conjugação com os novos equipamentos, a empresa introduz um novo produto na sua oferta que constitui também um novo produto para o mercado nacional.

Este projeto contribuiu para alargar o âmbito de atuação da empresa no mercado e redimensionar a sua capacidade produtiva.


Objetivos:

  • Dotar a unidade produtiva de maior capacidade de fabrico;
  • Dotar a unidade produtiva de maior eficiência operacional;
  • Inovar no desenvolvimento de produtos através da transferência da tecnologia para a produção de microcápsulas;
  • Contribuir para uma garantia de consistência qualitativa dos produtos e embalagem;
  • Reduzir custos de produção, custos com uso de matérias-primas e consumos energéticos;
  • Aumentar a produtividade industrial;
  • Criar condições de resposta em termos de capacidade produtiva e flexibilidade de serviço (resposta a solicitações de clientes)

Atividades:

  • Ampliação das instalações fabris
  • Implementação de novo processo de produção
  • Fabrico de microcápsulas
  • Implementação de novo processo de controlo de gestão
  • Implementação de novo processo de comunicação com o mercado

Resultados esperados:

  • Em 2018, atingir um Volume de Negócios de 2,088 milhões de euros;
  • Exportar acima de 35% da produção;
  • Aumentar a sua produtividade (mais que duplicar VAB em 2018 face a 2014);
  • Criação de 6 novos postos de trabalho, com 3 altamente qualificado;



Download PDF